Sexta, 17 Janeiro 2020 14:30

AGAP/PB divulga balanço do trabalho no estado. Destaque

Avalie este item
(1 Votar)

Professor Marcilio faz um balanço positivo das atividades da AGAP com expectativa de um novo ano de boas parcerias com a Instituição.

BY JOSUE · PUBLISHED 14 JANEIRO, 2020 · UPDATED 14 JANEIRO, 2020

FONTE: EDIL FRANCIS, Disponível em:  https://edilfrancis.com.br/professor-marcilio-faz-um-balanco-positivo-das-atividades-da-agap-com-expectativa-de-um-novo-ano-de-boa-parcerias-com-a-instituicao/

 

marcilioradio

O presidente da AGAP (Associação de Garantia ao Atleta da Paraíba), professor Marcilio Araújo compareceu ao programa Debate Esportivo, da rádio Caturité e falou sobre as ações frente à associação, que atua em prol dos atletas profissionais de todo o Estado.

De acordo com o professor Marcilio, a associação firmou parceria com o Hospital da FAP “e a gente agradece ao amigo Derlópidas Neves e sua equipe, parceria com a Academia Nova Geração do amigo Vanderley Targino, sendo muito importante aos ex-atletas e associados que precisam fazer um fortalecimento, um espaço para fazer atividades físicas”, esclareceu.

“Temos a satisfação de também fazer uma parceria com a Federação Paraibana de Futebol em nome da presidente, Dra. Michele, que tem nos dado um aporte muito bom, dando-nos de brinde, um padrão para que a gente desse um pontapé e formasse a seleção de master, enfim, o ano de 2019 foi muito proveitoso”, afirmou.

O presidente da AGAP agradeceu também a Toinho da empresa Real que “nos contemplou com uma bola para o lançamento da nossa seleção de master, ao amigo Dinho, amigo de primeira hora do racha Papa Légua que também nos presenteou com duas bolas, a oportunidade de participar conosco no lançamento da seleção de master, ao parceiro e amigo Lucio, gerente da Redepharma que nos ofertou com uma bola para que a gente pudesse dar esse suporte à nossa seleção, além dos dois projetos que temos para 2020, agradecendo também o empenho da nossa diretoria”, acrescentou.

Sobre os dois projetos mencionados, o professor disse que um dos projetos para este ano, é o futebol como inclusão social, “onde a gente tem o objetivo de levar as cidades de João Pessoa, Santa Rita, Guarabira, Cabedelo, Patos, Sousa e Cajazeiras, núcleo de escolinhas de futebol com nossos ex-atletas à frente, ex-atletas esses que tenham uma certa bagagem”, contou.

“Nós estamos entrando em contato com os secretários de esportes dos municípios, a partir do dia 20, a gente começa a fazer esses contatos para podermos aproximar a instituição das secretarias de esporte para buscarmos essa parceria que é de fundamental importância, tanto para os nossos ex-atletas como para essas crianças dessas cidades que, por ventura a gente tenha colocado esses núcleos”.

O professor Marcilio garantiu que a partir de março esse pontapé esportivo será iniciado. “Sabendo da dificuldade que a gente passa, temos que agradecer ao Senador Veneziano, a Secretária de Governo, Ana Cláudia, pessoas que primeira ordem, sempre nos ajudando”, disse.

“Na época em que o Senador era Prefeito, nós tínhamos mais de 46 ex-atletas atuando na prefeitura em vários aspectos, escolinhas de futebol, dando suporte no Programa Fome Zero, nas Secretarias de Saúde, Educação, portanto, temos que fazer referência à ele, que sempre foi e é um amigo de primeira ordem”.

O presidente da AGAP acrescentou ainda que se trata de projetos de Estado, e, embora as inúmeras dificuldades, “iremos procurar conversar para que essas ações aconteçam, levando em consideração o lançamento do novo modelo de incentivo ao esporte, e isso pode nos contemplar e a gente fica na expectativa, pois a Secretaria de Esporte do Estado, precisa ser

mais descentralizada, ou seja, a gente vê as coisas acontecerem somente em João Pessoa, por isso que se fazer um trabalho descentralizado com todo o Estado da Paraíba, afinal, temos muitos talentos no nosso Estado, e força de vontade sem ter apoio não dá”, salientou.

“Estamos marcando uma reunião com o Senador Veneziano e com a Secretária Ana Cláudia para mostrarmos para ela o potencial dos nossos ex-atletas e esses jovens do interior, de João Pessoa a Cajazeiras, precisamos buscar parcerias, convênios para que possamos instituicionalizar a AGAP/Secretaria de Esporte ou AGAP/Governo do Estado, colocando esse projeto em prática que é um sonho de toda criançada, sem falar em garantir também uma ocupação para nossos ex-atletas que em sua maioria, estão desempregados”.

Magali Souto Maior.

Compartilhar Notícia

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to Twitter