Sexta, 09 Agosto 2019 09:51

Combate às hepatites na Paraíba Destaque

Avalie este item
(1 Votar)

AGAP/PB realizou evento no dia Mundial de Combate às hepatites virais com programação que continuará durante todo o mês de agosto.

Na ocasião, foram realizados 195 testes de HIV e Hepatites B e C e 65 pessoas receberam vacinas contra Hepatite B. 

marcilio

O estado registra 7.470 casos de hepatites virais em 20 anos

Fonte: https://portalcorreio.com.br/paraiba-registra-7-470-casos-de-hepatites-virais-em-20-anos/ 

marcilio2

Dados do novo Boletim Epidemiológico de Hepatites Virais 2019, divulgado pelo Ministério da Saúde esta semana, apontou que em 2018 foram registrados 42.383 casos de hepatites virais no Brasil, uma redução de 7% no período de uma década. Já na Paraíba, em 20 anos, foi notificado um total de 7.470 casos, ocupando a quinta posição entre os estados do Nordeste, sendo a hepatite do tipo A de maior ocorrência, alcançando a marca de 5.081 casos. 

Ainda segundo o boletim do Ministério da Saúde no ano de 2018, o Brasil, notificou 2.149 casos, de hepatite A, o que corresponde uma taxa de detecção de um caso por 100 mil habitantes. Em relação à hepatite B, foram registrados 13.992 casos, o que equivale a sete casos por 100 mil habitantes e no que diz respeito à hepatite C, somaram-se 26.167 casos, com a taxa de detecção de 13 casos por 100 mil habitantes. 

No Nordeste, os estados que mais registraram casos de hepatites virais ao longo de 20 anos – de 1999 a 31 de dezembro de 2018 – foram Bahia (22.062), Pernambuco (15.838) Ceará (11.315) e Maranhão (11.278). Em seguida vem a Paraíba, em quinto lugar, com os 7.470 casos. O estado que registrou a menor quantidade de pessoas acometidas com as hepatites virais foi Sergipe (4.271). 

Em todos os estados da região Nordeste o tipo de hepatite de maior ocorrência foi a do tipo A. Sendo Pernambuco o que possui mais casos registrados, foram 10.858. A Paraíba segue ocupando a quinta posição, com 5.081 casos notificados e o Sergipe segue com o menor registro (1.480). 

Já a hepatite com menor registro de ocorrência foi a do tipo D. Entre os nove estados do Nordeste, Pernambuco segue tendo o maior número de casos, um total de 51. A Paraíba ocupa o sexto lugar e registra 15 casos e o Rio Grande do Norte notificou oito casos desse tipo de hepatite em duas décadas. 

Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) apontam que as hepatites virais causam anualmente 1,7 milhões de mortes no mundo. Só no ano de 2017, no Brasil, 2.184 casos de óbitos provocados por hepatites virais foram registrados. Desse total, 1.720 mortes estavam relacionadas à hepatite C. Em decorrência da hepatite A foram registrados 22 óbitos; por hepatite B foram notificados 414 mortes e 28 óbitos por casos de hepatite D.

 

 

Compartilhar Notícia

Submit to FacebookSubmit to Google PlusSubmit to Twitter